Beneficiários – População alvo

A Nova Via acolhe pessoas adultas, que sofrem de dificuldades relacionadas com um consumo excessivo e/ou uma dependência de substâncias psicoativas, nomeadamente com as substâncias seguintes:

Álcool
Medicamentos
Drogas ilegais (cannabis, cocaína, heroína e outras).

As pessoas ditas “com duplo diagnóstico”, ou seja, que combinam uma dependência de substâncias com outros diagnósticos psiquiátricos, são admitidas após um balanço e avaliação da situação. Os menores de idade, a partir dos 16 anos, podem ser acolhidos sob a condição de ser celebrado um acordo escrito por parte da(s) pessoa(s) detentora(s) do exercício das responsabilidades parentais, e após um balanço e avaliação da situação

Duração do Programa Terapêutico

O programa terapêutico tem uma duração prevista de 3 meses. Nos casos em que as metas terapêuticas não são atingidas, o programa pode ser prolongado por determinação do comité dos médicos, desde que haja acordo de pagamento com os organismos de segurança social envolvidos ou por outro.

Uma fórmula de curta duração, de 4 a 8 semanas, pode, em alguns casos, ser proposta após uma avaliação favorável da situação de vida e/ou das problemáticas particulares do cliente/paciente. De maneira geral, o tratamento inicia-se antes da chegada ao Centro Terapêutico Nova Via, com a preparação à terapia residencial e conclui-se com um seguimento terapêutico ambulatório regular.

Admissão ao Centro Terapêutico

Com vista a beneficiar do tratamento disponibilizado pelo Centro Terapêutico Nova Via e submeter um pedido de tratamento, os interessados deverão cumprir, rigorosamente, os seguintes requisitos:

  • Contacto direto com o Centro Terapêutico ou, no caso de paciente com residência noutro país europeu, por intermédio de uma instituição ou associação reconhecida e ativa no domínio das toxicodependências no país de residência de origem dos interessados.
  • Organização de uma ou mais entrevistas com vista a permitir elaborar um balanço e fazer uma pré-avaliação da situação do interessado.
  • Verificação e regularização dos documentos administrativos tais como documentos de identificação ou títulos de viagem (cartão de cidadão / passaporte), bem como documentos relacionados com a segurança social.
  • Prescrição de terapia fixa por um médico especializado em dependências ou um médico psiquiatra.
  • de acordo do controlo médico do sistema previdencial de segurança social do país de origem ou assinatura de um contrato de financiamento privado entre o interessado (ou o seu tutor) e o Centro Terapêutico.
  • Estabelecimento de uma data de admissão e organização eventual das deslocações.

Contacte o centre terapêutico Nova Via